Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

 

Salgueirenses e turistas se despedem do carnaval 2020

Folia terminou na madrugada desta última terça-feira (25).

 

Clique na foto para ampliar

 Foto: CCOM

 

“É de fazer chorar quando o dia amanhece e obriga o frevo acabar, ó quarta-feira ingrata, chega tão depressa só pra contrariar”. Os versos compostos pelo pernambucano Luis Bandeira são ideais para despedida do melhor carnaval do sertão. As avenidas de Salgueiro são testemunhas da alegria dos foliões durante os cinco dias de festa.

Realizado pela Prefeitura de Salgueiro, o Carnaval Sertanejo de 2020 ano foi recorde de público em toda história. Atrações como Avine Vinny, Jameckson, Flavinho, Trio da Huanna, Marreta You Planeta, Nairê, Nanara Belo, Devinho Novaes, Ciel Rodrigues e Luan Estilizado, entre outros, agitaram os foliões durante as cinco noites.

Foi com o show dos cantores Ciel Rodrigues, artista filho da terra e com o fenômeno nacional Luan Estilizado que os moradores e visitantes se despediram do carnaval e das noites de trio elétricos, uma das 5 programações espalhadas por Salgueiro. “Participei todos os dias e posso dizer que foi o melhor Carnaval que já vi, com uma programação maravilhosa e tudo foi tranquilo”, afirmou a moradora Concita Sá, que não abriu mão da folia nem mesmo no momento da chuva que caiu nos dois primeiros dias de festa.

No polo cultural, o encerramento aconteceu com um cortejo de frevo saindo do bairro da bomba em direção a casa da cultura, onde aconteceu uma apresentação musical de Bastinho e orquestra frevo bronzeado, ficou difícil saber quem mais se contagiou com o clima: quem estava apenas se divertindo ou quem foi protagonista das apresentações.

O carnaval de Salgueiro ocorre de forma descentralizada, com o polo cultural, no centro da cidade, o palco alternativo, próximo ao Museu e os polos de Conceição das Crioulas e Umãs, na zona rural. Além das bandas, toda a estrutura dos polos – palco, som, iluminação e banheiros químicos – são fornecidas pelo Município.

O Diretor de Cultura, Ysmalley Thomas, reconhece que os polos são fundamentais para manter a tradição e movimentar o carnaval das crianças, idosos, do público alternativo e daqueles moradores que não são adeptos ao trio elétrico. “A programação trouxe frevo, alegria, diversão e lazer. Isso movimentou a economia e fortaleceu a cultura. Estamos muito felizes em ver o resultado, é motivo de festa e é até arrepiante, porque é emocionante presenciar como cada momento foi aproveitado aqui”, pontuou.

Detimar de Sousa Neres comemorou a movimentação no girador do prado durante os dias de festa. Além de curtir a folia, foi uma oportunidade de sentir uma melhoria no bolso com a venda de lanches. “O Carnaval desse ano foi tão bom que deveria ter 3 vezes por ano, a venda foi a melhor da história para mim e para todos os outros ambulantes, todos venderam bem”, disse ele.

Maria Juscicleide, uma das 70 ambulantes credenciadas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, teve muito sucesso. “Graças a Deus as vendas foram ótimas e vendi bem mais do que esperava”, relatou.

“O carnaval de Salgueiro tomou um rumo jamais visto, cresceu de uma forma que o prefeito que vier vai ter dor de cabeça para fazer o carnaval de 2021 em diante, pois a partir de agora teremos que ter dois trios elétricos e consequentemente mais gastos, pois tomou uma proporção gigantesca. Tivemos muitos turistas, muita gente veio de fora curtir aqui, o carnaval de Salgueiro realmente agradou a todos, parabenizo ainda os blocos que abrilhantaram ainda mais, ajudando o município a mostrar o valor, estão todos de parabéns. Foi provado que mesmo com sem ajuda do governo do estado, conseguimos fazer de Salgueiro uma referência em Pernambuco”. Enumera Clebel Cordeiro.

 

 

 
     
 
     
 
 
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 

Clique na foto para ampliar

Fotos: CCOM

 

mais notícias